Coleiras Vermelhas: Diga não à Crueldade na luta contra a Raiva.

Coleiras Vermelhas: Diga não à Crueldade na luta contra a Raiva.
clique e aceda

CÁGADOS




Para o visitante que tem um cágado:
Eu já tive um gágado, e ele andava pela casa à solta. Duas vezes por dia punha-o na banheira com água e ele adorava nadar. Eles gostam muito de fiambre, tenta dár-lhe e vais ver que fica contente. Para saberes mais sobre eles aqui tens uns textos:
Os cágados são animais que vivem praticamente todo o tempo na água ou próximo dela, mas necessitam ter a opção de sair dela quando precisam. Já soube de pessoas que mataram tartarugas afogadas por colocarem-nas em locais onde era impossível sair para o seco, fazendo-as nadar sem poder descansar.

Estes animais vivem na água, mas não o tempo todo. Só peixes dormem e descansam nadando, pois têm estrutura para isso.

É necessário lembrar algo que pode chocar algumas pessoas que possuem tartarugas aquáticas: tartarugas aquáticas são carnívoras! Talvez seja esta a razão pela qual muitas pessoas vêem suas tartaruguinhas morrendo após duas longas semanas oferecendo apenas alface como alimento. É claro que animais carnívoros vão se alimentar de folhas se, depois de muito esperar, só lhe forem oferecidas folhas, pois tentam não morrer de fome.
Na natureza elas comem peixes e insetos aquáticos, larvas de mosquitos, vermes e outros invertebrados.


Alimentação dos Cágados
Ao contrário do que se pode pensar, os cágados são animais carnívoros. Uma alimentação ideal para eles pode incluir ração comercia
para tartarugas aquáticas, ração comercial para carpas, camarão, camarão dessecado, neonatos de camundongos ou adultos, dependendo do tamanho da tartaruga, peixes de aquário vivos, minhocas, lesmas, ração comercial para cães e gatos, insetos (grilos, baratas e tenébrios, isto é, larvas). Casca de ovo também é muito bom pois contém calcio e fortifica o seu casco.
O mais importante é variar o conteúdo da dieta de forma a fornecer uma variedade de nutrientes que possa suprir as necessidades de seu animal. Adultos devem comer de duas a três vezes por semana para evitar obesidade, e filhotes comem todos os dias esta dieta variada.


Doenças TARTARUGAS



Fungos :
Causas- Falta dos raios solares e de cálcio.
sintomas- Pequenos tufos brancos.
Tratamento-Esse problema pode ser resolvido com aplicação de algum fungicida especial para répteis e banhos diários de sol. Há diferentes caminhos de tratamento, por isso procure um veterinário.

Falta de apetite:
Causas- Temperatura ambiental incorreta e abuso de tratamento.
Sintomas-Falta de apetite.
 Tratamento-Deixe sempre a temperatura ambiental entre 20 a 30ºC, alimente suas tartarugas com comidas industrializadas que sejam balanceadas e não abuse na comida.
Precauções- Se a temperatura estiver incorreta sua tartaruga hibernará, assim ela para de se movimentar o que faz então ela sentir falta de apetite. Ponha um termômetro para medir a temperatura que deve estar entre 20 a 30ºC.

Infecções Respiratórias e Resfriados:
Causas- Brusca variação de temperatura ou quando há variação de mais de 5ºC entre a temperatura da água e do ar.
Sintomas-Tartarugas nadando inclinadas, respiração ofegante, secreções nas narinas, olhos e boca e inchados.
Tratamento-Deixar a tartaruga doente em um local com temperatura de 30ºC. Os sintomas desaparecem em dias, caso isso não ocorra o procure o mais rápido um veterinário



Saúde das TARTARUGAS




Se mantida em boas condições (limpeza, luz, alimentação, espaço) dificilmente ficará doente. Resiste ao cloro da água, não necessitando de produtos para retirá-lo.



De modo a evitar o adoecimento da tartaruga recomendamos algumas medidas profilácticas. O primeiro aspecto a considerar é que, dada a fragilidade desta espécie animal, deve-se sempre tomar as devidas precauções para que nunca esteja exposta a mudanças bruscas de temperatura. As tartarugas não têm nenhum mecanismo fisiológico de compensar assimetrias térmicas. Se a sua tartaruga estiver num ambiente de água quente, uma simples corrente de ar pode causar-lhe a morte.
 O segundo aspecto e igualmente importante, é a manutenção de excelentes condições de higiene de todo o aquário. Aspire frequentemente as fezes na água ou instale mesmo um filtro próprio para o efeito.

Pode diariamente executar alguns testes que podem evidenciar alguma patologia na tartaruga: olhos com mucosidades, caparaça mole e/ou com imperfeições, zona do nariz húmida, fezes líquidas e apatia generalizada. Neste casos visite um veterinário.

RESPOSTA AO MIGUEL

MIGUEL

Fico muito contente por teres gostado do meu blog de animais.
Quanto à tua pergunta de se as tartarugas domésticas hibernam, digo-te que isso depende da temperatura da zona onde moras, e da temperatura que manténs a tua tartaruga no seu aquário
Se as tartarugas são criadas em regiões quentes nunca hibernarão. Em regiões frias, se forem
mantidas dentro de casa com aquecedor e lâmpada elas permanecerão ativas todo o ano, apesar da tendência de se comer menos no inverno.
Mas se as condições forem propícias (temperaturas mais frias) elas poderão hibernar. Se não forem tão frias ficarão menos ativas e comerão muito pouco. Se isso aconteçer, não te peocupes.
Durante a hibernação os processos do corpo são mais vagarosos, a digestão cessa, a circulação é reduzida e as defesas imunológicas diminuem, devido a isso não se deixa as tartarugas
doentes ou machucadas hibernarem.
As tartarugas hibernam tanto fora como dentro da água ,elas procurarão um local abrigado para se esconder e ficarão lá por um longo tempo. 

Elas adoram alface, não te esqueças.

Qualquer dúvida, pergunta

beijo

10 Incríveis insetos-plantas

Conheça os dez mais incríveis insetos com o poder de se clamufar, pode parecer incrível, mas são apenas insetos. Eles usam estas adaptações em suas formas como maneira de se proteger dos predadores e também para se ocultar das suas presas. Vamos ver?
Para ver os insetos-plantas clique em Leia Mais
Phromnia Rosea – Olhando rápido pode parecer que este tronco está com algum tipo de fungo ou frutas coloridas.
flatidleafbugsadult0082nk6[4]
Mas olhando bem você vai ver que são vários insetos ali.
KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA
O segredo deste animais é sua organização quase militar em termos de posicionamento. Vistos a distância, eles parecem ser um único conjunto de folhas. Este animal é nativo das florestas de Madagascar.O interessante é que as ninfas deste inseto também são exímias peritas na arte do disfarce.
3
Olhando rapido pode parecer uma singela floração ou algum tipo de fungo parasita na árvore mas de perto vemos que se trata das ninfas do inseto e sua engenhosa camuflagem.
4
Bicho folha (Phillidae) - O nome já diz tudo, né? Nos EUA são chamados de folhas vivas.
5
Esta família de insetos é bem vasta e variada, compreendendo animais que se assemelham a diversos tipos de folhas. A simulação chega a um grau de perfeição que as “folhas” contém lesões e recortes nas bordas, como uma folha de verdade que foi roída ou atacada por fungos.
6
Muitos possuem requintes de camuflagem, como veios similares aos das folhas das árvores onde se escondem, cantinhos ressecados e até alguns animais da família Phillidae parecem folhas secas.
7
Estes insetos são muito antigos, com fósseis registrados em tempos anteriores aos dinossauros! Prova que a camuflagem é bem eficiente.
8
Borboleta folhas – É nativa da Amazônia e engana bem que são duas folhas juntas.
9
Veja que incrível como esta borboleta some no chão da floresta. Ela está aí bem no meio da foto:
10
Esta aqui é a borboleta folha do tipo encontrado na serra do Japi, em SP. Incrível, né?
11 12(créditos Birds & Blooms, 2004)
Existem vários tipos de borboletas-folha. Esta abaixo é uma Gonepteryx rhamni (fonte)
13
Outro mestre do disfarce é o Bicho-pau (Phiblossoma phyllinum). Ele fica horas parado e geralmente passa batido. Seu corpo delgado e comprido engana bem como um pedaço de galho ou graveto sem folhas.
Você acha que isso é uma bacia cheia de gravetos? Não. É uma bacia cheia de bichos-pau.
14
O bicho pau está nesta foto.
15
Aqui vemos o inseto com melhor definição.
16
Inseto feio mas que se disfarça muito bem em troncos é o jequiranabóia amazônico. Basta olhar para este inseto para qualquer índio correr de medo. O troço tem cara de jacaré! Mas a verdade é que apesar da fama de assassino, este inseto é absolutamente inofensivo. São duas espécies que compartilham o nome e características principais, como a cabeça de cobra-jacaré. Eles são os Fulgora lanternaria e a Fulgora lampetis  (Fonte)
jequiti2 jequiti6
As mariposas costumam se disfarçar em cascas de arvores para desaparecer. Alguns exemplos clássicos do mimetismo usam as mariposas como exemplos:
17 18 19
Algumas chegam ao requinte de simular líquens.
20
Lagartas também costumam ser eficientes na arte de sumir no mato. isso geralmente causa problemas pois muitas delas contém um veneno bastante forte que podem afetar o homem. Conheço casos de pessoas que encostaram em “taturanas” (Lonomia) e perderam os movimentos dos membros temporariamente em decorrência do efeito tóxico dos espinhos.
21 22
Alguns insetos usam a aparência das flores como seus meios de se ocultar.
23a
Veja como este inseto desaparece no meio de flores:
23 24(créditos Igor Siwanowich)
25(créditos Igor Siwanowich)
26(créditos Igor Siwanowich)
Outro inseto com incrível aparencia que podem literalmente sumir dependendo do tipo de vegetação em que se encontra é o Louva-Deus. Existem inúmeras variedades de Louva-Deus, como os que parecem flores acima e os que parecem folhas caídas e até mesmo aqueles que simplesmente são confusos demais para o predador reconhecer um padrão.
27(créditos Igor Siwanowich)
28(créditos Igor Siwanowich)
Os grilos também costumam ser feras em se esconder. Tem um grilo enorme bem no meio desta foto.
29
30

LINDO

Comovente historia do cachorro que esperou 11 anos pelo seu dono no mesmo lugar