Coleiras Vermelhas: Diga não à Crueldade na luta contra a Raiva.

Coleiras Vermelhas: Diga não à Crueldade na luta contra a Raiva.
clique e aceda

MORTES VIOLENTAS NO MUNDO DOS INSECTOS


A Visão dos Cães



"Todos os cães são míopes e têm uma visão ruim à distância. Algumas raças, pela característica anatômica dos olhos e da órbita, podem ter um menor grau de miopia. Esta miopia explica alguns ataques de cães a seus próprios donos à noite, quando o animal enxerga menos ainda e às vezes, pela direção do vento, não pode sentir o cheiro dos mesmos."
    
As pessoas são capazes de andar repetindo coisas, absolutamente técnicas, sem sequer pensar um pouco no assunto.
    Lembre-se que já provaram que a terra era achatada, sustentada por quatro colunas as quais, ficavam nos cascos de quatro tartarugas gigantes.... só não conseguiram explicar onde ficavam essas tartarugas, que teriam que andar sincronizadas para não cair o mundo, e do que elas se alimentavam.
     
 
    Impressionante foi o fantástico oculista que fez o exame de vista nos cães para diagnosticar a miopia.
Fico me perguntando quais teriam sido as letras que os cães teriam que ler, ou então, como o oculista hi-tech, que realizou o exame por computador, pediu que o cão ficasse paradinho, com a testa colada no anteparo, olhando fixo, dentro do cinescópio, para o sino da torre da igreja... etc. etc.
    Estudando, um pouco apenas, de etologia, leremos algo sobre o nível de importância dos sentidos caninos em relação aos sentidos humanos.
    

 Um cão não reconhece uma fotografia, mas é capaz de assistir televisão. Porque?
    Porque os cães não estão preocupados (como nós) com a forma dos objetos. Para eles, pouco importa se você tem olhos azuis, se usa barba, brincos, óculos ou outra indumentária qualquer.
    O importante para os animais são os rituais... do amor, de submissão e apaziguamento, da liderança etc. Quer dizer: o movimento. Na televisão, a imagem tem movimento.
    Eles reconhecem o dono pela maneira com que se movimenta, sem se importar se está de máscara ou de batom.
  

    Assim como, para nós, o sentido da visão é o mais importante e, através do qual, reconhecemos as pessoas, o sentido mais importante para os cães é o olfato, através do qual, ele, ao nascer, antes de abrir os olhos e os ouvidos já encontra as tetas da mãe.
   "Atualmente, a hipótese mais aceita é a que os cães são capazes de enxergar apenas algumas cores, como azul e amarelo. As demais cores seriam detectadas como variações de cinza."
   
Mais impressionado ainda fico com certas teorias que jamais poderão ser comprovadas.


Até hoje ninguém sabe como um daltônico vê. Só se sabe que certos comprimentos de onda não são percebidos ou são confundidos, por deficiência genética dos cones e bastonetes que formam a retina, mas ninguém jamais ficou daltônico e, menos ainda, deixou de ser daltônico para contar qual é a diferença. Tanto é que existe um teste...

    Entretanto, esses cientistas hi-tech já sabem descrever até quais as cores que os cães não vêem. Alguns chegam até a afirmar, garantindo, que os cães vêem em preto-e-branco.

    O preto-e-branco não existe na natureza. Foi criado pelo homem para suprir sua incompetência de representar as cores: pegou um galho queimado e riscou na pedra das cavernas. As cores obtidas através de pigmentos de terra vieram depois. As fotos em preto-e-branco, também, surgiram devido a incapacidade inicial de representar as cores. O órgão da visão (independente de que animal seja) percebe os comprimentos de onda da luz refletida pelos objetos.
Dependendo do pigmento, da cor, parte da luz incidente nos objetos será refletida e a outra parte absorvida, a retina será atingida e perceberá somente a porção de luz refletida. Os objetos de cor preta absorvem a totalidade das ondas eletromagnéticas do espectro visível incidente e os objetos brancos refletem todos os comprimentos de onda, independente da intensidade da luz incidente. Mais luz, o objeto parecerá mais claro, menos luz, mais escuro.  
Os cães vêm as formas e as cores da mesma forma que nós, só que a hierarquia de importância dos sentidos é completamente diferente da nossa:

Humanos:

1- Visão;

2- Tato;

3- Audição;

4- Olfato;

5- Paladar.

Caninos

1- Olfato;

2- Audição;

3- Visão;

4- Tato;

5- Paladar

O olfato, para os cães, é tão importante que três ou quatro minutos após o nascimento, com os olhos e os ouvidos ainda fechados, os nascituros conseguem, pelo faro, encontrar as tetas da mãe sem que ninguém lhes tenha ensinado.     Pela seqüência, os ouvidos, abrem-se após alguns dias e o cachorro começa a se familiarizar com os sons ambientes. Aos dez para doze dias abrem-se os olhos. Entre os humanos, alguns já nascem abrindo os olhos...
    Os predadores, de acordo com a ecologia (equilíbrio das forças da natureza), também obedecem às leis do menor esforço e preferem caçar animais debilitados, moribundos e feridos.
    O instinto de caça excita os predadores, inclusive o cão, quando vêem um animal fugindo. É visceral, atávico! Por isso, a pior coisa que você pode fazer ao ficar com medo de um cão é fugir. Se você amarrar um barbante num bichinho de pelúcia e movimentá-lo fazendo o ritual de fuga, um filhote, de qualquer raça, ficará excitado para pegá-lo.    
    Dessa maneira, mais importante do que a fisionomia ou a expressão das pessoas, os animais se atém aos rituais de submissão e apaziguamento, de caça e dos jogos eróticos de sedução (hierarquia, alimentação e perpetuação das espécies).
 
 
Bruno Tausz

Category: 0 comentários

LINDO

Comovente historia do cachorro que esperou 11 anos pelo seu dono no mesmo lugar